Carnaval termina com registro de sete homicídios em focos de folia

Entre a manhã da última sexta-feira (24) e a madrugada desta Quarta-feira de Cinzas (1º/3), 86 homicídios foram registrados em Pernambuco. Deste total, sete pessoas foram mortas dentro de focos de folia. Os números fazem parte do balanço realizado pelo departamento de jornalismo policial da Rádio Jornal. Ouça na voz de Eliel Alves:

[uolmais_audio 16152473]

Mapa da violência

O primeiro caso aconteceu na Rua Santa Isabel em Vitória de Santo Antão, na Zona da Mata Sul do Estado, na sexta-feira (24). Um adolescente de 16 anos foi morto durante o desfile de um bloco. O homem teria envolvimento com drogas.

O segundo caso aconteceu na Praça Duque de Caxias, também em Vitória de Santo Antão, no Sábado de Carnaval (25). Joelson Rodrigues de Oliveira, de 33 anos, foi morto a tiros durante o desfile do bloco “ÉTesão”.

Ainda no sábado, o jovem Cícero Alan Silva Traveira, de 20 anos, foi baleado durante um evento de carnaval em Araripina, no Sertão do Estado. O suspeito foi identificado como “Filho de Peba de Areia”.

No domingo (26), Vanessa Nascimento Penha foi morta a tiros no bairro do Ipsep, Zona Sul do Recife. No tiroteio, outras duas pessoas ficaram feridas. João Fabiano de Araújo, de 34 anos, e Emily Alves, de 20 anos, foram atendidos no Hospital da Restauração e já receberam alta.

Joelson Isídio de Oliveira Silva, conhecido como Boquinha, foi morto durante o desfile do bloco Amante das Rosas em Gravatá, no Agreste do Estado. Ele também foi vítima de um tiroteio.

Em Timbaúba, na Zona da Mata Norte, um adolescente de 17 anos foi atingido a facadas durante um bloco de Carnaval. O jovem ainda foi levado para o Hospital da Restauração, mas não resistiu aos ferimentos.

Na noite desta terça-feira (28), José Henrique Lira dos Santos, de 35 anos, foi morto durante um evento carnavalesco em Camela, em Ipojuca, na Região Metropolitana do Recife. A vítima chegou a ser socorrida da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Camela, mas não resistiu. O suspeito não foi identificado.

Facebook Twitter Google+ linkedin email More
Copyright © Ibura - Todos os direitos reservados